terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

conto tradicional Moçambicano

O ano passado e este ano lemos alguns contos tradicionais. Este ano a diferença foi que lemos contos tradicionais e lendas de países onde se fala português. Os meus alunos já sabem que nasci em Moçambique... daí deixar-vos hoje, só para descontrair, um conto do país onde nasci...

A Menina que não falava

Certo dia, um rapaz viu uma rapariga muito bonita e apaixonou-se por ela. Como se queria casar com ela, no outro dia, foi ter com os pais da rapariga para tratar do assunto.
- Essa nossa filha não fala. Caso consigas fazê-la falar, podes casar com ela, responderam os pais da rapariga.
O rapaz aproximou-se da menina e começou a fazer-lhe várias perguntas, a contar coisas engraçadas, bem como a insultá-la, mas a miúda não chegou a rir e não pronunciou uma só palavra. O rapaz desistiu e foi-se embora.
Após este rapaz, seguiram-se outros pretendentes, alguns com muita fortuna mas, ninguém conseguiu fazê-la falar.
O último pretendente era um rapaz sujo, pobre e insignificante. Apareceu junto dos pais da rapariga dizendo que queria casar com ela, ao que os pais responderam:
- Se já várias pessoas apresentáveis e com muito dinheiro não conseguiram fazê-la falar, tu é que vais conseguir? Nem penses nisso!
O rapaz insistiu e pediu que o deixassem tentar a sorte. Por fim, os pais acederam.
O rapaz pediu à rapariga para irem à sua machamba, para esta o ajudar a sachar. A machamba estava carregada de muito milho e amendoim e o rapaz começou a sachá-los.
Depois de muito trabalho, a menina ao ver que o rapaz estava a acabar com os seus produtos, perguntou-lhe:
- O que estás a fazer?
O rapaz começou a rir e, por fim, disse para regressarem a casa para junto dos pais dela e acabarem de uma vez com a questão.
Quando aí chegaram, o rapaz contou o que se tinha passado na machamba. A questão foi discutida pelos anciãos da aldeia e organizou-se um grande casamento.


Conto tradicional moçambicano

machamba, caso não saibas, é uma quinta.

3 comentários:

  1. Adorei, parabéns Vanessa, vou visitar o seu Blog, futuramente.

    Isabel Antunes

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigada, cara Isabel.
    Com muita pena minha, não tenho publicado nada, ultimamente...mas em setembro volto em força!
    Um grande e sincero abraço.

    Vanessa

    ResponderEliminar
  3. É, na verdade, "ternurento"! ... Parabéns pela escolha.

    ResponderEliminar