segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Visita de estudo ao reservatório da Mãe d'Água das Amoreiras

Mais um texto colectivo realizado pela turma, na aula de Estudo Acompanhado, desta vez acerca da visita de estudo ao reservatório da Mãe d'Água das Amoreiras...





" No dia 11 de Outubro, o 6º A foi visitar o reservatório da Mãe d'Água das Amoreiras.
A viagem foi feita de metro até ao Rato e um bocadinho a pé, até à praça das Amoreiras. A visita foi guiada por um senhor, que nos mostrou o reservatório de água e os canais por onde passa a água que vem para Lisboa, da região de Sintra. Informou-nos de que o Aqueduto das Águas Livres e o reservatório foram começados a construir no reinado de D. João V, com o fim de fornecer água a Lisboa, que tinha pouquíssima água na altura.
A partir do reservatório a água era distribuída pelos chafarizes (sessenta e quatro), que estavam localizados nas partes mais baixas da cidade.
Naquela altura, cada família só tinha direito a seis litros de água, passando mais tarde para quinze litros. As famílias iam buscar a água aos chafarizes.
Nessa época surgiram os aguadeiros, que eram uns homens que vendiam água, que transportavam ao ombro, em barris.
Gostámos muito de fazer a visita, do que vimos e aprendemos!"

os alunos do 6º A

1 comentário:

  1. Eu, a professora de L.P., acompanhei a directora de turma (a professora Elvira) e o 6ºA nesta visita. Gostaria de dizer que a turma mostrou muito interesse relativamente ao que o guia ensinou e que se portaram bem.
    Assim vale a pena sairmos. Está para breve a próxima saída, desta vez no âmbito da disciplina Oficina das Novas Tecnologias, leccionada pela professora Constança e eu. Espero que seja do vosso agrado! Até lá, um abraço ao 6ºA!

    ResponderEliminar